Mudernidades

16 julho, 2010

Olha, eu sou super a favor do movimento gay (englobando aí lésbicas, transexuais etc e tal). Acho que é muito difícil você achar alguém que te ama como você é e você ame igual, então acho mesmo que eles têm que se casar e criar filhos  (até porque tem uns héteros fazendo muita merda por aí). Na minha humilde opinião, bissexualidade é coisa de gente indecisa, mas mesmo assim, se você quer sair pegando tudo e todos, vá lá (desde que haja consenso, claro!), a vida é sua, você quem sabe.

Dito isso, me explica QUE MULHER se sente atraída por uma criatura dessa:

Sério. Modernidade demais pra minha cabeça.

Anúncios

Colecionar fotos de mensagens de tarados:

dsc00085Gato sarado da UnB

tarado2Auto-explicativo

tarado1orelhão do ponto de ônibus

Placar atual: Brasília 2 x 1 Rio

Dia do orgasmo

31 julho, 2008

Por algum motivo que eu desconheço, hoje é dia do orgasmo e claro que o Ego resolveu perguntar pras musas o que elas pensam sobre o assunto. Agora, quem resolveu que Mulher Melão, Mulher Moranguinho e Mirella Santos são musas é definitivamente um mistério…

a tênue linha

18 junho, 2008

Marina diz:
vou muito escrever um post sobre a tênue linha entre piriguetes e vagabas

No mundo de putaria em que vivemos hoje, está muito difícil arrumar namorado se não dermos (ui) uma forcinha. Veja só, aquele ideal hollywood de que John Cusack vai encontrar Kate Beckinsale porque o destino quer – my ass, bitch. A mulherada tem que matar a vontade apalpando (hum!) mais do que a catequese permitiria, tomando atitudes condenáveis pela avozinha.

Claro, falando em nome das piriguetes. Não aquelas que nunca sentem frio, mas sim a garota comum de hoje em dia. Excetuando dessa categoria, obviamente, as santas do pau (ó) oco, as crentes do rabo (uh!) quente e as sonsas em geral. As piores, devo dizer.

Não piores do que as vagabas assumidas, claro. Aquela que dá mais que chuchu em pé de serra, como diria meu velho pai. Para quem quiser. A hora que for. Onde for. Sem disfarçar. Que dá vergonha alheia na pirigute-mor de tanto mole que dá pro cara.

E olha que eu sou de pensamento que toda mulher sexualmente bem resolvida é puta. Mas sejamos putas somente entre quatro paredes, sim?

Pela atenção, grata.

não ver no trabalho

28 maio, 2008

Qual o primeiro pensamento do enxadrista russo Garry Kasparov, ao ser interrompido na sua coletiva de imprensa?

“Meu caralho de asas”, claro.

etiqueta da pegação

19 maio, 2008

Se você já passou dos 15 anos, não é de bom tom deixar marcas no(a) peguete.

Nenhum colega de trabalho dele(a) precisa saber o quão animada foi a noitada e, além do mais, quem falou que vocês têm contrato de exclusividade? Portanto, contenha a sua empolgação, sim?