não sei vocês…

12 agosto, 2010

mas eu já tenho candidato:

Peixe para vizinho da Grazi! Porque se é pra avacalhar com gosto…

Pois é, gente. Dia 25 de junho será conhecido como o dia em que Michael Jackson stole Farrah Fawcett’s thunder (by marinarama).

Antes de Michael, quero citar Farrah, que foi um dos maiores sex symbols da década de 70, apesar de eu achar que Jaclyn Smith era mais bonita e envelheceu melhor. S0bre a morte dela, linko aqui o texto de Renato Thibes (como sempre). Tocante.

Farrah, em seu melhor momento.

Farrah, em seu melhor momento.

Agora sobre Michael… gente! É sempre lamentável quando alguém morre e ele era novo e talz. Mas a morte dele não foi nada trágica se comparada com a vida. O cara era maltratado pelo pai, virou um homem extremamente, digamos, excêntrico e, convenhamos, ele nem tava muito a fim de retomar turnês. Honestamente, acho que era só pra pagar dívidas.

Não acho que ele tenha molestado meninos, acho mesmo que era um homem tão perturbado que vivia em um mundo à parte. O importante é lembrar que ele era foda desde muito cedo. Um gênio mesmo. Em algum momento as pessoas irão esquecer essas bizarrices e se lembrarão só do sucesso, daí ele vai ser imortal, com muita razão.

Beat it!

Beat it!

Só que outra questão me vem à cabeça: e as crianças?

Viva o Rei!

18 abril, 2009

Aproveitando as comemorações do aniversário real, disponibilizo o site oficial de Vossa Majestade, cuja seção “Sim ou Não” é das mais sensacionais que li nos últimos tempos. Analise:

rc11

O sinal de trânsito indica a resposta, se não deu para notar.
As melhores respostas não são sempre vermelhas, para minha surpresa:

rc2

Mas as perguntas são sempre pertinentes:

rc3

 Parabéns, RC, 6.8 and more!

Querem acabar comigo

23 fevereiro, 2009

Acabo de descobrir que existe um bloco na Urca, em homenagem a Roberto Carlos, que só toca suas músicas em ritmo de samba. O circuito vai até a casa do monarca, de onde ele acena para a multidão.

Pelo menos foi só primeiro ano. Ano que vem, Bob Charles, tamo lá contigo!

roberto-carlos-2O rei do Rio, San Remo, Santos… (comente se souber onde é isso)!

BABAK

17 fevereiro, 2009

Se contar o povo não acredita.

Tom Cruise esteve no Rio no começo do mês e, como todo turista, foi à praia e (aparentemente) provou o famoso Mate com limão carioca. Praia essa de área militar e acesso restrito etc, mas de quem estamos falando mesmo? Sim, o dude que pula em sofá e come placenta.

Servindo de exemplo como toda celebridade do bem, Tom (supostamente) jogou o copinho no lixo. Foi lá o BABAK e catou, embalou à vácuo e tá vendendo no Mercado Livre pela bagatela de 5 mil reales. 

Eu venderei o mate da próxima celebridade glamourosa a pisar no Rio com exclusividade por qualquer 10 pilas, ok? Eu bem sei que você, querido leitor, quer o DNA de Graziela Inês pra ter uma igualzinha em casa. 😉

desilusão

16 fevereiro, 2009

Ao contrário da minha companheira de blog que se descobriu apaixonada por John Cusack, esse final de semana eu sofri uma desilusão horrorosa. Na verdade, foi a gota d’água de um relacionamento que já vinha se deteriorando.

Quando eu tinha lá meus 15, 16 anos me apaixonei por Jordan Catalano, um gatinho guitarrista dos cabelos escuros e  compridinhos. Daí, meldels, eu precisava descobrir quem era aquele ator por trás daqueles olhos azuis!

Jared Leto é o nome dele. E nossa paixão durou por anos, enquanto ele fazia filmes como Réquiem para um sonho, Clube da luta e Quarto do pânico. Na maioria das vezes ele acabava deformado de alguma maneira, mas eu admiro atores que não têm medo de parecerem feios.

Mas aí vieram Alexandre, aquela atuação ridícula em Senhor das armas, o mico de Lonely hearts (esqueci mesmo o nome em português), suposto envolvimento com uma das gêmeas Olsen, além daquela banda super emo (30 Seconds to Mars – admito, tenho vários mp3 deles, fazer o que, né?) e a coisa começou a degringolar e eu a me decepcionar.

Foi então que eu resolvi alugar Capítulo 27, filme em que ele interpreta Mark Chapman, assassino rechonchudo de John Lennon. Gente, não aguentei DEZ MI-NU-TOS de filme. Aquela voz, aqueles diálogos… a VA começou a tomar conta de mim. Desliguei o DVD e fui ver Ugly Betty.

No fim das contas acho que Jared Leto teve sua missão na minha vida: me apresentar pra Christian Bale, afinal foi através de Leto que eu cheguei no Psicopata Americano (e de quebra ainda fui apresentada a Bret Easton Ellis). No final, acho que aquela cena em que Patrick Bateman acaba com Paul Allen a machadadas foi um prenúncio e, honestamente, Jared Leto tá fazendo a menor falta!

Christian fucking Bale

4 fevereiro, 2009

Pronto. Christian Bale soltou uns berros em cima do diretor de fotografia do Terminator 4 porque o cara atrapalhou a concentração dele e agora ele é um monstro comedor de criancinhas. Ah, vá…

Você pode ouvir o piti aqui.

Mas como tudo que Christian Babe faz, vira sucesso, já tem um remix fantástico rolando por aí. Vai ser o hit do verão:

Post dedicado ao Ticks

um mundo novo

21 janeiro, 2009

Eu estava ouvindo o José Simão de manhã e ele falou pro Boechat que Obama virou uma espécie de Santo Expedito do novo milênio (adoro falar “do novo milênio”) e também que, quando Deus tira folga, agora quem substitui é o novo presidente dos EUA.

Eu achava que era piada. Mas foi só o homem tomar posse que as coisas começaram a mudar…

Tipo Amy Winehouse, que era notícia por distribuir garrafadas e bofetadas sob efeito das mais diversas drogas, agora virou salva-vidas voluntária.

Tenha fé, digníssimo leitor, tempos melhores virão.

Boas Festas

26 dezembro, 2008

E Feliz Hannukah!

Menina, mas todos os da nossa shaggy list são judeus, é isso mesmo? Shalom.

(Uma de nós esteve ! Ao menos uma!)

Minha amiga Pessanha, quando éramos colegas professoras de cursinho, tinha uma metodologia própria. Substituir as aulas dela era uma moleza; qualquer português que o aluno falasse em sala, era imediatamente repreendido pelos colegas:

“No portuguese on Queen Vanessa’s land”

Isso porque, desde a primeira aula, a guria fazia toda uma lavagem cerebral com os pimpolhos, fazendo-os repetir o mantra “This is not a democracy – this is Queen Vanessa’s land”.

Boto fé que Maddie frequentou aulinhas do Brasas, porque ontem à noite ela deve ter ficado puta com os elogios do Maracanã (inclusive desta que vos escreve – ler 21:35) e tava dando uma de sadomasô exigindo obediência eterna à rainha. Só lembrava disso, Grazi.

Existem performances de todas magnitudes, prezados leitores. Mas essa foi a primeira vez que eu testemunhei o ápice do entretenimento ao vivo. Minha cara colega vai já dar piti viúva do U2, então deixe estar. Tudo que eu posso oferecer após tal CATARSE (em especial para nosso muso Binsk) é um manual de comportamento:

Se você estiver na área VIP, putaquepariu, tire a roupa mas faça ela te escolher para pedir uma música. E escolha bem, porque se a Queen não gostar ela não vai cantar, ok?

madonna

Hail, hail, sua piranha!!!