Mudernidades

16 julho, 2010

Olha, eu sou super a favor do movimento gay (englobando aí lésbicas, transexuais etc e tal). Acho que é muito difícil você achar alguém que te ama como você é e você ame igual, então acho mesmo que eles têm que se casar e criar filhos  (até porque tem uns héteros fazendo muita merda por aí). Na minha humilde opinião, bissexualidade é coisa de gente indecisa, mas mesmo assim, se você quer sair pegando tudo e todos, vá lá (desde que haja consenso, claro!), a vida é sua, você quem sabe.

Dito isso, me explica QUE MULHER se sente atraída por uma criatura dessa:

Sério. Modernidade demais pra minha cabeça.

Antes de mais nada, atenção ao título do post. Aspas em inglês são fechadas após o sinal de pontuação. “The sentences end like this.” Pela atenção, obrigada.

Mas o importante é que hoje Richard Starkey Jr., o seu, o meu, o nosso RINGO STARR (caixa alta, letras piscando, você também visualiza, leitor?) completa setenta primaveras. E o Youtube nos disponbiliza sensacionais comerciais para comemorar a data:

e meu favorito

“wrong lads” hohoh ringo, love you, mate :*

pela volta do blog!

29 outubro, 2009

Um post condensado para compensar toda a ausência.

– HÁ DE ODIAR-SE:
1. estampas de oncinha
2. estampas de animais em geral
3. hehehehe
4. rs
5. =) (ningém tem olhos assim)

-HÁ DE AMAR-SE* (os hormônios podem explicar essa minha felicidade ultimamente)
1. The Big Bang Theory
2. One, U2
3. Strange Brew, Cream (do BBC Live Sessions)
4. camisetas do sambaclub
5. pão com presunto e maionese

-SHAGGY LIST (nerd é o novo pretinho básico)

retratoscc216

(qualquer um das pontas, por favor)

detalhes tão pequenos

12 julho, 2009

Hoje é aniversário da minha companheira de blog, que atende pela alcunha de Graziela Inês. Já começa daí a sacanagem. Sempre uma história, uma piada interna. Sempre uma música, um filme, uma dica. Todo mundo deveria ter uma Graziela Inês. Vou vender Grazielas (versões com bônus Inês ou não) nas lojas, hei de tornar-me multimilionária.

Quisera eu que vocês entendessem como é bom ter uma dessas na vida.

Beijocas, querida, sinto muito a sua falta, sempre.

Vou ali agora verter umas lagriminhas, tá? Muito bicha está esse blog.

Eu nunca vou te abandonar!
(aproveitando a maré do Flamengo)

Vou contar os bafões do momento então, para gastar espaço e tempo:

TV-400Eu, pessoalmente, estava entretida com A Fazenda (apesar de só assistir aos domingos), mas essa história da galera pedir pra sair está tirando minha atenção. Uma saiu e tudo bem, agora tem mais uns três pensando o mesmo (cachê da Record? passo), o que mostra que nem eles estão perdendo tanto tempo quanto eu com o programa. Mas tudo valeu a pena já que minha companheira de blog ficou morrendo de inveja de não ser uma a toa como eu, para conseguir assistir Babi Xavier surtando ao vivo no Hoje em Dia ontem de manhã. Personificação da vergonha alheia, senhoras e senhores.

De resto, suspiro com o Raj, parei de seguir Tarso Cadore e novelas da Gloria Perez têm roaming internacional e MSN invejável.

pcSe você é alguém online, com certeza já tem um twitter (onde andamos nos escondendo, por sinal), já viu o keyboard cat (mais ali embaixo, faz favor) e, pelamordedeus, já viu as traduções literais de clipes:


(vai esse que também é muito bom, para eu não ser beatlemaníaca chata)

E chega por hoje.

Não sei se você está familiarizado com a nova sensação online, então apresento o keyboard cat:

Sim, é um gato forçado a tocar uma música irritante no teclado, porém sua performance a la Stevie Wonder lá pelos 20 segundos inspirou milhares a utilizá-lo como prenúncio de coisas ruins e/ou constatação de fatos imbecis. Em resumo: entretenimento para todas as idades.

Segue abaixo o meu favorito até agora:

Pedro bem sugeriu que alguém deveria fazer uma montagem para o tombo do Caetano. Fica a dica.

entendeu?

28 abril, 2009

Depois neguinho vem dizer que não entende porque eu tiro foto de boca fechada desde que coloquei esse bendito aparelho…

stefhany5-480x433

Essa é a Stefhany, linda e absoluta.

Lindsay, um chuchuzinho

7 março, 2009

A pobre da Lindsay Lohan, a maior das celebridades sem personalidade própria, depois de recriar Marilyn Monroe pra capa da New Yorker, agora está a la Madonna na Glamour.

lindsay
(“like a virgin”, um ponto de originalidade pra ela)

Uma pena que personalidade/carisma/ interesse da mídia por feito próprio não se venda na farmácia. Lindsay compraria em lotes.

PS.: Falando em Madonna, melhor twitter fake da semana – http://twitter.com/jesusluz

fineza de pessoa

28 fevereiro, 2009

Faz tempo já, mas dia desses, durante minha leitura matinal no trabalho, me aparece isso no Uol:
pessoa-finaMas justo a foto dela perto do teste de fineza?

Taí duas coisas que não combinam.

Eu não devia

2 fevereiro, 2009

Já que é a minha cidade natal em jogo, mas apreciem a babaquice:

Como bem disse o autor do post original, só conhecendo os tipos da cidade para entender. Aquele Congresso fálico atraindo tudo quanto é tipo de energia pro planalto central não fez bem pra coisa andar.

PS¹: Quando se sai de Brasília é que se percebe quão estranho soa “tesourinha” ou “L2”;
P.S²: Fiquei abismada como agora o planalto enche em dia de chuva! Há dois anos No meu tempo não era asssim “na 2”, nunca.
P.S³ Eu bem pegava o que deu a tijolada na concorrência, salva de palmas pros atletas da APCEF!