Pois é, gente. Dia 25 de junho será conhecido como o dia em que Michael Jackson stole Farrah Fawcett’s thunder (by marinarama).

Antes de Michael, quero citar Farrah, que foi um dos maiores sex symbols da década de 70, apesar de eu achar que Jaclyn Smith era mais bonita e envelheceu melhor. S0bre a morte dela, linko aqui o texto de Renato Thibes (como sempre). Tocante.

Farrah, em seu melhor momento.

Farrah, em seu melhor momento.

Agora sobre Michael… gente! É sempre lamentável quando alguém morre e ele era novo e talz. Mas a morte dele não foi nada trágica se comparada com a vida. O cara era maltratado pelo pai, virou um homem extremamente, digamos, excêntrico e, convenhamos, ele nem tava muito a fim de retomar turnês. Honestamente, acho que era só pra pagar dívidas.

Não acho que ele tenha molestado meninos, acho mesmo que era um homem tão perturbado que vivia em um mundo à parte. O importante é lembrar que ele era foda desde muito cedo. Um gênio mesmo. Em algum momento as pessoas irão esquecer essas bizarrices e se lembrarão só do sucesso, daí ele vai ser imortal, com muita razão.

Beat it!

Beat it!

Só que outra questão me vem à cabeça: e as crianças?

Anúncios

Eu nunca vou te abandonar!
(aproveitando a maré do Flamengo)

Vou contar os bafões do momento então, para gastar espaço e tempo:

TV-400Eu, pessoalmente, estava entretida com A Fazenda (apesar de só assistir aos domingos), mas essa história da galera pedir pra sair está tirando minha atenção. Uma saiu e tudo bem, agora tem mais uns três pensando o mesmo (cachê da Record? passo), o que mostra que nem eles estão perdendo tanto tempo quanto eu com o programa. Mas tudo valeu a pena já que minha companheira de blog ficou morrendo de inveja de não ser uma a toa como eu, para conseguir assistir Babi Xavier surtando ao vivo no Hoje em Dia ontem de manhã. Personificação da vergonha alheia, senhoras e senhores.

De resto, suspiro com o Raj, parei de seguir Tarso Cadore e novelas da Gloria Perez têm roaming internacional e MSN invejável.

pcSe você é alguém online, com certeza já tem um twitter (onde andamos nos escondendo, por sinal), já viu o keyboard cat (mais ali embaixo, faz favor) e, pelamordedeus, já viu as traduções literais de clipes:


(vai esse que também é muito bom, para eu não ser beatlemaníaca chata)

E chega por hoje.