Boas Festas

26 dezembro, 2008

E Feliz Hannukah!

Menina, mas todos os da nossa shaggy list são judeus, é isso mesmo? Shalom.

mas eu sempre disse isso

17 dezembro, 2008

por que remakes, ó deus?

via blowg.

Descobri.

16 dezembro, 2008

Quem está com mais remorso é um babaca do show, segurando um cartaz que dizia:

EU SOBREVIVI À ENCHENTE!
Santa Catarina

Sério, tem gente que não sabe brincar.

(Uma de nós esteve ! Ao menos uma!)

Minha amiga Pessanha, quando éramos colegas professoras de cursinho, tinha uma metodologia própria. Substituir as aulas dela era uma moleza; qualquer português que o aluno falasse em sala, era imediatamente repreendido pelos colegas:

“No portuguese on Queen Vanessa’s land”

Isso porque, desde a primeira aula, a guria fazia toda uma lavagem cerebral com os pimpolhos, fazendo-os repetir o mantra “This is not a democracy – this is Queen Vanessa’s land”.

Boto fé que Maddie frequentou aulinhas do Brasas, porque ontem à noite ela deve ter ficado puta com os elogios do Maracanã (inclusive desta que vos escreve – ler 21:35) e tava dando uma de sadomasô exigindo obediência eterna à rainha. Só lembrava disso, Grazi.

Existem performances de todas magnitudes, prezados leitores. Mas essa foi a primeira vez que eu testemunhei o ápice do entretenimento ao vivo. Minha cara colega vai já dar piti viúva do U2, então deixe estar. Tudo que eu posso oferecer após tal CATARSE (em especial para nosso muso Binsk) é um manual de comportamento:

Se você estiver na área VIP, putaquepariu, tire a roupa mas faça ela te escolher para pedir uma música. E escolha bem, porque se a Queen não gostar ela não vai cantar, ok?

madonna

Hail, hail, sua piranha!!!

não sei

11 dezembro, 2008

Não sei quem está com mais remorso: Graziléia por escrever mal do falecido Marcelo um pouco ali embaixo e divulgar links malas via email, ou eu, por ter diálogos assim:

– Cê viu? O marido da Suzana Vieira foi encontrado morto, overdose.
– Gente, mas essa história só melhora! <— (comentário politicamente correto de Marina)

Empate técnico?

filha de peixe…

9 dezembro, 2008

Tenho uma amiga muito querida cuja mãe, muito querida também, fala algumas coisas sem pensar e quando viu, já era. Foi o caso quando ela entrou numa sorveteria e perguntou pro atendente “moço, qual o tamanho da sua bola?”.

Daí eu e essa amiga fomos madrinhas de um casamento e, logo que acabou a cerimônia, os casais de padrinhos, ainda formados, foram solicitados a deixar um recado em vídeo para os noivos. Essa minha amiga que estava bem na minha frente virou para mim e para os nossos respectivos padrinhos e fez a seguinte proposta: “vamos todo mundo junto? de quatro é melhor!

Como dizem por aí: a genética é hereditária…