enquanto isso, no orkut…

29 outubro, 2008

Recebo esse recado amigo da anônima Evelyn:

desculpe nao deu pra te ligar ta uma correria hoje. ta ai o site que te disse que limpou o nome do meu primo sem precisar pagar as contas.

boa sorte com o financiamento da parati. me liga viu? bjus!!!

Será que é vírus? Será, será? Paraty is so inthe90s, mas tudo bem, sejamos educados:

poxa, evelyn, valeu pela força com a minha paraty, olha só que bonitinha que ela é:


jabá

29 outubro, 2008

Um dos motivos para eu chamar de amigo aqueles que eu assim chamo é a admiração que tenho por essas seletas pessoas. Não dá pra ter por perto alguém que você simplesmente não admira.

Dito isto, recomendo aqui o site da banda de amigos queridos, a MONOVIDA (melhor visualizado em firefox). Lá você pode ler sobre eles, ver fotos e, principalmente, baixar três das músicas do álbum que está saindo do forno. As letras são todas do meu miguxo, Tiago Ianuck e eu sugiro especialmente Não Tenho Ninguém, que é lindinha de tudo!

Quando rolar o super-lançamento, faremos ampla divulgação 🙂

Vai ! Se te agradar, espalhe, se não, você deve ter um gosto musical duvidoso heh

gentem…

27 outubro, 2008

Propaganda, propaganda:

Blog da minha amiga Sam, que me manda emails surreais pedindo minha consulta. Postaria aqui, mas não convém, visto que ela me chamou de profissional = puta. Chamou, chamou, não tem como voltar atrás.

Mas ela é Karen Walker, então é perdoável.

de fato

20 outubro, 2008

Sempre quis uma música que condissesse com o videoclipe.

(condissesse é uma palavra de verdade?)

ah, as pessoas humanas

19 outubro, 2008

Explicação necessária: Quando vamos escrever os posts, podemos desistir no meio do caminho que o nosso provedor idolatrado salve salve mantém os rascunhos. Esse é de 29/09, mas sendo o único com mais de três parágrafos, resolvi postar pela minha saúde mental. E , é claro, pela saúde de Amy.

Estava eu a caminho do trabalho, na chuva, quando entrei no ônibus metade vazio (cheios de bancos ocupados por uma pessoa só). Sentei do lado de uma senhorinha lá – porque eu realmente me aborreço com o fato dessa gente egoísta não dividir assento com alguém. Diz a magrela que só é escolhida como companhia viária quando as pessoas são forçadas a, enfim, sentar com mais um e acabam escolhendo aquele banco com um pouco mais de espaço. Sinto pelos muito gordos também, que são duplamente rejeitados, ao serem preteridos pelo espaço.

Mas isso não interessa, point is – entrei no ônibus e sentei em frente a um banco totalmente vago, que a partir daí virou centro de peregrinação. Toda e qualquer pessoa que passasse a roleta fazia aquele olhar de vencedor (“olha só, um banco vazio e ninguém reparou”) para chegar ao dito cujo e fazer uma careta pela impossibilidade do assento (vômito? chuva? não sei, estava entoxicada com o sentimento de sentar ao lado de alguém, não no vazio).

Doze pessoas, cara. Uma após a outra depois da roleta. Que puta mundo egoísta.

Vai ser a mesma coisa quando Amy der sua carreirada final [profeta mode on]. Já consigo imaginar a matéria do Bom Dia Brasil com Rehab tocando ao fundo, e a original repórter quoting a la rádio AM o trecho “I just need a friend”: “Ela só precisava de um amigo!”.

Por mim largava-se Amy na roça, presa em um chalé com mantimentos, sem televisão, sem aquecedor, sem orégano, sem farinha. Sem álcool de cozinha, também, senão ela põe açúcar e tamos aí. Queria ver se não ficava boazinha.

Aproveitando as novidades do WordPress, enquete sobre a notícia do dia:

bomba

16 outubro, 2008

Madonna e Guy Ritchie confirmam divórcio.

resumindo: o pitéu está solteiro…

… e rico.

UPDATE Madonna chama Guy Ritchie de ‘retardado emocional’ e ele, que tem direito a US$300 milhões, aparentemente vai abrir mão. Então leitor, você decide: estaria Guy Ritchie sendo the bigger person nessa história toda ou apenas um trouxa?

Acabei de me deparar com a notícia que Miley Cyrus, aos 15 anos, vai lançar sua autobiografia. Não, sério: o que essa menina tem pra contar? É uma guria que nunca se meteu num escândalo (tirando aquelas fotos véias bobas), filha de cantor famoso… meu, que dificuldade essa menina enfrentou?

Ah nem, hoje qualquer um lança livro. Karina Bacchi mesmo lançou DOIS.

E se livros são lançados com essa facilidade, imagina blogs? A Globo hospeda blogs de gente como Kelly Key e Vítor Belfort. Me pergunto o que essas pessoas têm a dizer, mas temo pela minha sanidade mental se eu tentar descobrir.

UPDATE Acho que depois de uma égua ter suas “obras” expostas, eu desisto. Tem jeito mais não…

Da série

12 outubro, 2008

A Rede Globo comanda o mundo:

Nem comer biscoito da sorte em paz agora eu posso.

mea culpa

10 outubro, 2008

Peço desculpas aos leitores do blog, mas a falta de assunto impera. E pra piorar, ainda arrumei dois vícios: primeiro foi o twitter (e a culpa foi da Marina, ela me convenceu a fazer o cadastro) e agora tem o blip.fm, que é absolutamente genial, dá pra ouvir música o dia inteiro sem um download (bom, às vezes dá umas travadas, mas faz parte…) e ainda interagir com a galera.

Acho que o post é mais pra sugerir essas novidades (nem tão novas assim, actually) e dizer que o thinkbing ainda tem lugar cativo entre os meus vícios virtuais, portanto, amigos, não nos abandonem!